Deixe um comentário

Cuidado, com a reutilização das ceras!


Gostaria de fazer um alerta sobre uma prática que está se tornando comum em alguns estabelecimentos. A reutilização das ceras!  É preciso muito cuidado na hora de escolher o local e o profissional. Essa prática é proibida pela ANVISA, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária.  A Anvisa recomenda ainda que as espátulas sejam de material liso, lavável e impermeável, ou também descartáveis (caso das espátulas de madeira, por exemplo).
Costumo indicar para minhas alunas, que usem o abaixador de língua como espátula e cada vez que o abaixador de língua for levado a pele do cliente não deverá retornar a termocera, o mesmo tem que ser descartado. Isso evita contaminação e oferece mais segurança ao cliente.
Se houver necessidade de utilizar a pinça , a mesma deverá ser descartável e entregue ao cliente ao final do processo de depilação. Se utilizar pinça esterilizável, a mesma dever ter sido colocada numa estufa ou autoclave.
É bom se certificar de que a profissional esteja usando mascara,  luvas, touca descartável e jaleco. É bom ficar atenta a alguns aspectos específicos, de modo a se certificar estar em um local que atende a todos os requisitos de segurança: os pisos e paredes devem ser laváveis, e deve haver boa ventilação na sala. Todo o procedimento deverá ser feito na frente da cliente para evitar dúvidas quanto ao procedimento de higiene.

A panela, por sua vez, precisa ser higienizada todos os dias após o expediente, com álcool 70% – tanto a parte móvel como a fixa. Nem pense em usar o  álcool comum (geralmente 96%)  pois ele é capaz de fixar a bactéria (ou seja, “colar” a bactéria na superfície q foi limpa), mas não a destrói.
Já o álcool a 70% (70 de álcool e 30 de água) é capaz de destruir (parcial e temporariamente) bactérias.

Veja como limpar sua termocera:

Deixe uma resposta