Deixe um comentário

Como esta seu Marketing Pessoal?


        É preciso pensar para que ou quem a imagem serve, antes de se imaginar no que será bonito ou esteticamente agradável. De nada serve uma casa bonita se ela não for confortável e pensando assim, de nada serve termos roupas da moda, penteados, e cortes belíssimos, se não são adequados a nossa imagem. Portanto, devemos primeiro pensar na função e esta decidirá como a imagem deve ser formulada, para ser ajustada, sem deixar de ser bela.
        No ramo da estética, a imagem pessoal é muito mais observada e exigida, por que o profissional passa a ser uma referência da sua capacidade. O cliente tem uma noção do que esperar do serviço que será executado. Em primeiro lugar, é preciso compreender que toda imagem expressa conceitos, sensações e emoções. A imagem pessoal e a maneira que o profissional será lembrado – positivamente ou negativamente. Podemos observar que o profissional bem sucedido é aquele que mantem uma imagem pessoal positiva, ele faz disso um passe para alcançar seus objetivos, superar dificuldades, vencer as barreiras, sem deixar de lembrar que deve sempre agir com discrição e, principalmente com ética, sabendo que ela é um passo a mais para o sucesso.
        O marketing pessoal para ser eficiente deve ser sutil e usar grife nem sempre faz o profissional ser respeitado, muitas vezes podem ler nas entrelinhas que na falta de capacidade profissional, esbanja na aparência. Não podemos negar que “A primeira impressão é a que fica”, entendemos que o primeiro impacto é o visual, e a partir dele fazemos um pré-julgamento de qual grupo aquele profissional pertence, se tem cuidado ao falar, ao andar, se é agitado ou calmo, sem nem mesmo conhecê-lo.
        No mercado de trabalho somos o produto e vale ressaltar que ninguém comprar uma mercadoria com uma embalagem que tem uma péssima aparência. Como diz a célebre frase de Cícero, o grande orador romano, que dizia “não basta à mulher de César ser honesta, ela tem de parecer honesta”. Não basta ser um excelente profissional, possuir um currículo impecável e experiências invejáveis, e preciso parecer ótimos profissionais.
        Quando o cliente sente-se seguro com a aparência do profissional, ele acredita que a partir dali, aquele profissional é uma pessoa responsável e todo processo a seguir será feita com total segurança. Por isso também se faz necessário cuidar além da imagem pessoal, cuidar da postura profissional, vestimentas e utilização de EPIs (Equipamento de proteção individual).
        Em visita a um Centro de depilação, foi observado uma boa recepção, mas possuíam um descuido com a imagem pessoal. Os profissionais discutiam assuntos pessoais, vestiam-se com roupas inadequadas que os deixavam desconfortáveis e com aparência desleixada. No ambiente de trabalho, não havia nenhum sinal de higiene, foi identificadas situações como: Luz de baixa intensidade, paredes em cores escuras, aparelhos sujos, alimentos no mesmo ambiente sem os devidos cuidados de armazenamento, instrumentos de depilação sujos sobre a bancada de trabalho.
        Em paralelo a essa imagem, em visita realizada a um instituto profissionalizante, os alunos em formação eram orientados quanto os cuidados com assepsia, o local bastante arejado, paredes claras, placas proibindo alimentos no local, lixeiras com pedais, equipamentos de esterilização, utilização de EPIs e os alunos não utilizavam acessórios pessoais que pudessem causar danos aos clientes. A falta de higiene, um comportamento inadequado no ambiente de trabalho, o desleixo com a postura, pode comprometer a carreira e de quebra conquistar a má fama entre os colegas da área.
        A prática de boas atitudes e ações é fundamental para projetar nas pessoas uma imagem verdadeira e transparente de autoconfiança capaz de motivar e cativar as pessoas ao redor.
        Para que o “Marketing” pessoal funcione nesse mundo competitivo é preciso que o profissional acredite e se torne apto a desenvolver paulatinamente projetos, ideias, mesmo que surjam medos e temores. Deve-se persistir até que tais hábitos se transformem em procedimentos normais e, entenda que no começo isso exigirá esforço e muita determinação.

Resenha  apresentada  à Universidade Norte do Paraná – UNOPAR, como requisito parcial para a obtenção de média bimestral na disciplina de Saúde, Estética e Imagem Pessoal.
Polo Iguatemi 
Ana Glória Bispo da Costa
Cláudia Mendes  Pereira 
Maísa Nascimento de Sousa   
Renata de Souza Santos 

Deixe uma resposta